Pesquisar este blog

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

quando chove, é diferente em casa e no quintal
aqui, mãe, eu e irmãos se reunem
lá não importa molhar o varal
cá dentro o coração da mãe nos satisfazem
terra úmida lá desliza e sabiá se esconde
o mais novo dos irmãos os olhinhos tudo caça
a árvore maior pras pombinhas vira casa
histórias da mãe viram amparo com café coado
e os bichinhos da terra lá fora nunca se separam
irmã mais velha reza pra chuva passar
última gota caí, a vida se restabelece
no eterno natureza naturezar.

2 comentários:

mirelly disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lara Vichiatto ! disse...

amei.